terça-feira, 3 de junho de 2008

O que há de novo...


Música. E não é que a Scarlett Johansson resolveu cantar? A queridinha do cinema resolve investir em um disco de regravações de Tom Waits, rodeada por gente grande como David Bowie. No começo, a voz grave assusta e lembra um pouco a entonação da Nico, mas depois de algumas audições percebe-se um bom disco. 8/10

Show. Quem compareceu em terras curitibanas nesta última sexta foi o Jay Vaquer. Dono de um carisma enorme, uma grande voz (que impressiona ao vivo) e uma performance visceral pouco vista em artistas brasileiros, Jay cantou suas boas letras para um público pequeno, porém fiel. Os problemas da casa não o impediram de fazer um grande show. 10/10

Política. O Morrissey diz, em América is not the world, que a América é o lugar onde o presidente nunca é negro, mulher ou gay. Estariam eles perto de quebrar um destes tabus? Há grandes chances, com a confirmação de Obama como candidato oficial do Partido Democrata.

Cinema. Depois de muito atraso, chega às telas curitibanas o longa O Signo da Cidade, dirigido por Carlos Alberto Ricceli e com roteiro de sua esposa Bruna Lombardi (dona também das letras das canções do disco e protagonista do filme). A trama se desenvolve em torno da vida de uma astróloga e de outras pessoas que de alguma maneira estão ligadas a ela. Basicamente um esboço da vida urbana e de problemas que ocorrem no dia-a-dia, mas estão ocultos pelo anonimato das grandes cidades. Apesar de o roteiro e a fotografia por vezes caírem em pequenos clichês, um filme surpreendente para quem não esperava muito. 8/10

E o L’enfant foi citado recentemente pelo site da banda Wandula e da grife Alguns Tormentos. Valeu a divulgação! Aproveito para agradecer a todos que têm visitado nestes 6 meses do blog!

10 comentários:

Foguinho disse...

sabe q me deram um folder dele(jay) e fiquei na dúvida se ele fosse tudo aquilo que colocavam no papel.Vou baixar algumas coisas para saber,ok.
Abraçooooooo

Foguinho disse...

Para quem queria a continuação,está esperando para ser lida no meu blog.
Ah, do que é?
Fogo-Fátuo.

°°°F disse...

Scarlet - ainda não criei coragem para ouvir. Não por temer uma atriz virar cantora, e sim por estar consumido por sintetizadores. O filtro do meu Mp3 (leia-se meu dedo no >>) deixa poucas coisas sem "sinteco" passar. Pra matar curiosidade: Sufjan, Santogold, Regina Spektor, Kanye e Sinatra (desandei a ouvir compulsivamente "Call me Irresponsable").

Obama - já postei sobre ele no Nu! há um mês atrás. Tá, meu post foi completamente irônico, mas acho o Obama um sério candidato à Casa Branca. Prega por mudanças (espero que não seja só na cor da pele do presidente).

Jay - vou falar para a Mich da repercussão do show em Curitiba (uma amiga do "street team" do cara). Assisti um Pocket show, achei interessante (letras um tanto nervosas, rs).

Cinema - dica aferida. Estou com "Não por Acaso" (outro bom filme brasileiro), Já viu Pitango?

No mais, parabéns...Blog crescendo.
°°°abraços

Adeus disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Adeus disse...

Faz tempo que não venho por aqui! :)

Não ouvi o cd da Scarlett todo ainda, apenas duas musiquinhas e não posso dizer o que achei. Digamos que não foi amor à primeira ouvida.

Já o Jay Vaquer eu não gosto, eu lembro que um tempão atrás eu gostava de umas musiquinhas. Mas já que você disse que o show foi bom, que bom!

Ainda não tive oportunidade de ver o filme "O Signo da Cidade", quando eu tiver dou uma opnião a respeito, mas já que você gostou acho que é uma boa indicação.

Um abração Pitango :)

Bedeluxe disse...

hahaha eu inventei aquela justamente para as pessoas tentarem adivinhar :)
Então, vc é feliz pq escuta Madonna, metaforicamente....

fer junges disse...

Eu quero assistir o signo da cidade...
Vi a Bruna Lombardi divulgando na tv meses (?) atrás...
Achei legal...
=D

Anne Elise disse...

Oi, queridão!!!

Pois, é...sobre ser "descobridora de bons livros", somos dois...rs!!!

Tb adoro vc!!!

Beijo bem grande...

Ah...ainda tenho que fazer a postagem sobre a "Vira-o-Disco"...tb vou falar sobre "O Signo da Cidade"...andamos em sintonia...

tatiana disse...

Sou uma workaholic desinformada e sem tempo, acabo de descobrir isso. Não 'tava sabendo de quase nada disso tudo.

Jean Souza disse...

Fala, rapaz!

poizé,ainda não ouvi scarléti direitinho. mas parece que o cd é bom mesmo. não basta ser aquilo tudo, tem também que ser perfeita e cantar? oi?

obâma: bóra ver qual vai ser. caso ganhe: pra questão racial, uma boa; pra questão (pragmática) política, tudamermacoisa, nénão?

enfim...

abraço!!

ps: passei direto pelo filminho do judelaw+norajones. (fiquei com medo de spoilers, hehe)