segunda-feira, 19 de abril de 2010

dvd_Budapeste

Budapeste não é cinzenta. É amarela.

Com esta ideia começa o filme baseado no livro homônimo de Chico Buarque, Budapeste. Trata-se da história de José Costa, um escritor que vende seus textos para outros escritores (uma prática chamada de ghost-writer) e que, na volta de um congresso, acaba fazendo uma escala forçada na cidade de Budapeste e nisso começa um envolvimento com Kriska, húngara que o ajuda a aprender a língua, considerada uma das mais difíceis do mundo. Entre suas indas e vindas do Rio de Janeiro para a Hungria, a história trata da divisão do autor entre as duas cidades e duas mulheres - Kriska e sua esposa Wanda, uma famosa jornalista interpretada por Giovanna Antonelli.

Quem leu o livro perceberá que todo o climão do enredo foi muito bem traduzido para o cinema.

8/10

 

2 comentários:

colorsinmymind disse...

Eu li o livro, nem sabia q tinha um filme, fiquei curiosa, quero assistir.

Marcelo disse...

Eu não li o livro e não tenho aparelho dvd...adorei a agilidade do filme e a fotografia...achei a maquiagem ruim....adoro quando o Brasil faz filmes urbanos!

abs